Instalação de Vânia Mignone ocupa o Bosque do SESC, em São Paulo

(São Paulo, SP)

Indicada ao Prêmio PIPA 2015, Vânia Mignone está em cartaz no SESC Presidente Prudente com a instalação “Eu poderia ficar quieta mas não vou”. Lá, pela primeira vez, suas obras estão ao ar livre, um conjunto de cinco outdoors que se destacam entre as árvores do bosque so SESC.

Nas obras, a publicitária de formação propõe reflexões acerca da arte. “Arte para enxergar a realidade”, diz um dos trabalhos; “Arte e coragem sempre”, clama outro. De acordo com Danillo Villa, curador da unidade do SESC, a opção pelo suporte inusitado dos outdoors torna o que é privado público, e mais, enorme, para que todos saibam: “Onde deveria haver um apelo comercial há uma mensagem que a artista afirma como necessária”.

“A sofisticação está nas situações instigantes que Vânia cria”, ele continua, “em como nos coloca em contato com a solidão, a importância do sensível e seus desdobramentos em nossas vidas, nas conexões e afetações a que estamos sujeitos.”

Um dos outdoors de Vânia Mignone no bosque do SESC Presidente Prudente

“Eu poderia ficar quieta mas não vou”, instalação de Vânia Mignone
Em cartaz de 10 de março a 11 de maio de 2017

SESC Presidente Prudente
Rua Alberto Peters, 111 – Jardim das Rosas
Funcionamento: ter – sex, 8h às 20h; sáb, dom & feriados, 9h às 18h
T: (18) 3226-0400
email@prudente.sescsp.org.br



Copyright © Instituto PIPA