Éder Oliveira exibe “Alistamento” no Maranhão

(São Luís, MA)

Os jovens paraenses que se alistam nas Forças Armadas serviram de inspiração para “Alistamento”, exposição que Éder Oliveira, indicado pela segunda vez ao Prêmio PIPA este ano, apresenta desde o fim de março na Galeria de Arte do SESC Maranhão. Os trabalhos mesclam fotografia, retrato, pintura e intervenção ao investigar a identidade desses indivíduos, que vêem no exército uma opção para mudar de vida.

Propondo um debate e reflexão sobre o status e prestígio vinculados ao alistamento, os jovens retratados foram fotografados e entrevistados a respeito de temas como identidade amazônica, militarismo e violência. Suas respostas e histórias fizeram parte do processo de investigação e construção das obras que integram a exposição, entre óleos sobre tela, objetos, site-specific e videorretrato. Esta não é a primeira vez, contudo, que Oliveira mistura pesquisa antropológica com arte: em uma série anterior, ele abordou a experimentação com imagens de jovens divulgados como perigosos e criminosos por jornais impressos de Belém.

Curadora da exposição, Marta Mestre, que hoje trabalha no Inhotim, acredita que “Alistamento” possui um “magnífico efeito de espelho antropológico que, sob o véu de falar dos outros, deixa passar observações sobre nós, sobre a nossa cultura, os nossos valores e atitudes.” De fato, lançando luz sobre os valores mais profundos desses indivíduos, a mostra convida a encarar através de um novo olhar o alistamento.

“Alistamento”, individual de Éder Oliveira
Curadoria de Marta Mestre
Em cartaz de 23 de março a 03 de maio de 2017

Galeria de Arte SESC Maranhão
Av. Gomes de Castro, 132 – Centro
Funcionamento: seg – sex, 9h às 17h
T: (98) 3216-3830
galeriadeartesescma@gmail.com



Copyright © Instituto PIPA