Pedro Varela reflete sobre “o passado que não passa” em individual

(Rio de Janeiro, RJ)

“Un passé qui ne passe pas”. A frase, livremente traduzida como “um passado que não passa”, pertence originalmente ao historiador Henry Rousso: utilizando-a no contexto de uma discussão sobre a República de Vichy, zona francesa “livre” da ocupação nazista durante a 2a Guerra Mundial, o acadêmico busca entender como o passado recente de negociação com os alemães ainda assombra a França de hoje.

Para sua nova individual – sua primeira na Luciana Caravello Arte Contemporânea –, o indicado ao PIPA 2011 Pedro Varela decidiu realocar o conceito de Rousso para o contexto brasileiro. Reunindo onze pinturas de diferentes dimensões, além de alguns desenhos, “Un passé qui ne passe pas”, que estreia amanhã, 21 de março, busca justamente explorar o passado que continua a reverberar no presente, seja em nossas relações sociais, em nosso DNA, ou na maneira como se vive hoje.

“Minha ideia é abordar o que ainda está vivo, mesmo que precise recorrer aos bandeirantes, a imagens de gravuras e cartas náuticas antigas e personagens históricos”, explica o artista sobre o conjunto de obras que apresenta na exposição. Monocromáticas em sua maioria (apenas duas telas de 150 x 150 cm são coloridas), elas sobrepõem personagens anônimos e famosos, referências da história da arte ou da cultura popular, sobre um plano de fundo repleto de plantas, caules e flores tropicais. O objetivo é pensar essas figuras, representativas de diferentes épocas, a partir de sua relação com os trópicos – e, em especial, com o Brasil, criando uma paisagem/narrativa fragmentada.

No mesmo dia, a Luciana Caravello apresenta uma outra mostra: “Banquete”, de Marcia de Moraes, que expõe pela primeira vez no Rio.

“Un passé qui ne passe pas”, individual de Pedro Varela
Em cartaz de 22 de março a 20 de abril de 2017
Abertura: Terça-feira, 21 de março, de 19h às 22h

Luciana Caravello Arte Contemporânea
Rua Barão de Jaguaripe 387 – Ipanema
Funcionamento: seg – sex, 10h às 19h; sáb, 11h às 15h
T: (21) 2523-4696
http://www.lucianacaravello.com.br/



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA