O cotidiano extraordinário na individual de Marcos Chaves

(Nova York, EUA)

Lucia Koch e Raul Mourão, ambos já indicados ao Prêmio PIPA, conversam hoje às 18h com Marcos Chaves por ocasião da abertura de sua individual na Galeria Nara Roesler New York. A exposição marca tanto os 25 anos de carreira de Chaves como a mudança de endereço da galeria que, antes no Flower District, agora se encontra no Upper East Side.

Ao exibir 30 obras que retiram objetos e paisagens cotidianas de seu contexto lógico, Chaves subverte aqui cenas comuns do cotidiano, criando novas (e inesperadas) narrativas. Um processo criativo que, para o artista, não deve ser visto como apolítico – muito pelo contrário. “É incrível que depois de séculos de discussão não se consiga fazer uma distinção entre o riso e a seriedade sem colocá-los como oponentes”, ele comenta. “O humor, como intenção sincera, pode ser uma atitude política concisa, sem ser dogmática, bastante conseqüente.”

Assim, seja ao combinar o crescimento improvável de uma copa de árvore e uma cadeira desprovida de função (série Santiago, 2012) ou registrando a sombra de um inseto sobre um muro (Dancing spider, 2016), Chaves critica a cegueira com que se veem as coisas corriqueiras sob a influência das convenções socioculturais. Ou, nas palavras de Moacir dos Anjos, “evocando em seu trabalho o ambiente ruidoso do mundo, a Marcos Chaves interessa, sobretudo, a disponibilidade para ver o que é dado a todos – a vida ordinária – como se fora sempre e de novo a primeira vez”.

Veja abaixo reproduções de algumas das obras exibidas em “Marcos Chaves”:

“Marcos Chaves”, individual de Marcos Chaves
Em cartaz de 03 de março a 08 de abril de 2017
Abertura + Conversa com Lucia Koch e Raul Mourão: Quinta-feira, 02 de março, de 18h às 20h

Galeria Nara Roesler New York
22 East 69th Street 3R
T: +1 (646) 791 0426
ny@nararoesler.com.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA