A arquitetura de Paulo Mendes da Rocha dialoga com a arte no MuBE

(São Paulo, SP)

O Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) abre neste sábado, 1º de abril, a exposição “Pedra no Céu: Arte e arquitetura de Paulo Mendes da Rocha”. Curada por Cauê Alves e Guilherme Wisnik, a exposição busca estabelecer paralelos entre arte e a obra do arquiteto do MuBE, hoje com 88 anos, habitando o prédio do museu com obras de artistas-referências para Mendes da Rocha, como Debret, e outros, mais contemporâneos, como os finalistas ao PIPA André Komatsu e Daniel Steegmann Mangrané.

São, no total, 50 obras de 27 artistas que, seja a partir de consonâncias ou contrastes, relacionam-se com a arquitetura e elementos estruturais do prédio. “A intenção da curadoria foi se aproximar do imaginário e do repertório de Paulo Mendes da Rocha, assim como apontar outros vínculos possíveis entre arte e arquitetura”, explicam os curadores Alves e Wisnik. Laura Vinci, por exemplo, indicada ao Prêmio PIPA em 2014, formará nuvens na marquise do MuBE graças a uma intervenção com vapor d’água, fazendo com que o visitante tenha a impressão de que o vão de 60 x 12 m do museu esteja flutuando.

A intervenção torna literal o título da exposição, “Pedra no Céu”, que é também a maneira como Mendes da Rocha se refere ao vão do MuBE. O prédio do museu, aliás, é uma das grandes estrelas da mostra: além de sua versão real, que estará abrigando obras de arte nos mais diversos suportes, os visitantes terão acesso ainda à maquete da instituição que, trazida do MoMA nova-iorquino, ocupa um lugar de destaque na mostra.

“Pedra no céu: arte e a arquitetura de Paulo Mendes da Rocha”, coletiva com André Komatsu, Amelia Toledo, Amilcar de Castro, Caio Reisewitz, Carlito Carvalhosa, Carmela Gross, Cildo Meireles, Daniel AcostaDaniel Buren, Daniel Steegmann Mangrané, Doris Salcedo, Franz Post, Henry Moore, Hiroshi Sugimoto, Iran do Espírito Santo, Jean Baptiste Debret, Johann Moritz Rugendas, Laura Vinci, Leandro Erlich, Lydia Okumura, Mateo Lopez, Mauro Restiffe, Nicolas Robbio, Nuno Ramos, Paulo Mendes da Rocha, René Magritte e Sandra Gamarra
Curadoria:  Cauê Alves e Guilherme Viznik
Em cartaz de 02 de abril a 02 de julho de 2017
Abertura: Sábado, 1º de abril, de 12h30 às 15h

Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (MuBE)
Av. Europa, 218 – Jardim Europa
Funcionamento: ter – dom, 10h às 18h
T: (11) 2594-2601
mube@mube.art.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA