Presença latino-americana é forte na 36a. edição da ARCOmadrid

(Madri, Espanha)

A 36a edição da ARCOmadrid começou no dia 22 de fevereiro e, assim como em outros anos, a presença latino-americano é maciça. Das 200 galerias, 41 pertencem a nove países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Guatemala, México, Panamá e Peru.

A quantidade considerável de galerias latino-americanas – elas formam praticamente metade de toda a presença internacional da feira – se deve, em parte, à participação da Argentina como país convidado da ARCOmadrid esse ano. Além da Argentina Plataforma, que apresenta 12 galerias argentinas selecionadas por Inés Katzenstein, diretora do Departamento de Artes da Universidade Torcuato Di Tella, Buenos Aires, também a seção Diálogos exibe trabalhos de artistas do país. É o caso, por exemplo, da galeria brasileira Nara Roesler, que expõe obras de dois artistas argentinos, Julio Le Parc e Eduardo Navarro.

Outras dez galerias brasileiras participam da feira, nove no programa geral e uma na Opening, dedicada a galerias com no máximo 7 anos de existência: a Galeria Cavalo, uma das poucas cariocas na ARCOmadrid deste ano. Fundada no começo de 2016, o espaço apresentará trabalhos dos artistas Pedro Caetano e Felipe Cohen, ambos já indicados ao Prêmio PIPA.

ARCOmadrid 2017
Em cartaz de 22 a 26 de fevereiro de 2017
Convidados: 22 e 23 de fevereiro, de 12h às 20h
Público geral: 24 a 26 de fevereiro, de 12h às 20h
Pavilhões 7 e 9 da Feria de Madrid
www.arco.ifema.es



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA