Maria Lynch propõe novas formas de pensar e sentir em nova individual

(Rio de Janeiro, RJ)

Em uma sala, o visitante é convidado a provar guloseimas dispostas em uma mesa, entre balas, bombons e biscoitos. Na outra, depara-se com uma performance em que dois atores vestidos, respectivamente, de palhaço e gorila, declamam textos de Deleuze, Spinoza e Nietzsche. A proposta se repete em cada um dos nove espaços do Oi Futuro Ipanema a partir deste sábado, 14 de janeiro, com a nova individual de Maria Lynch“Máquina Devir”.

Marco comemorativo dos quinze anos de carreira de Maria, a mostra aborda o retorno à infância e a desconstrução do pensamento hegemônico, além de evidenciar sua opção crescente pela performatividade e imersão. Aventurando-se a princípio na pintura, a artista foi aos poucos trazendo suas formas amorfas das telas para o espaço físico. “Comecei a investigar um lugar tridimensional dessas formas”, ela conta em uma entrevista ao PIPA 2010, ao qual foi indicada. De lá para cá, Maria já apresentou performances no Paço Imperial e no MAM-Rio, além de ter vencido diversos prêmios. Uma das obras apresentadas no Oi Futuro é, aliás, oriunda de uma outra exposição internacional, dessa vez em Los Angeles, nos Estados Unidos. Com trilha sonora de Rodrigo Amarante, a instalação com bolas que ocupa a vitrine do térreo do espaço foi apresentada na galeria Wilding Cran no ano passado.

Para Maria, o objetivo de “Máquina Devir” é criar um espaço de instabilidade. “Procuro evidenciar que somos passíveis de criar uma nova maneira de pensar e sentir, resistindo aos valores consolidados e estabelecidos”, explica. Uma ideia que, apesar do aparente aspecto lúdico da mostra, ganha sustentação no pensamento de filósofos de renome: “Como diria Spinoza, ‘o homem só é livre somente quando entra na posse da sua potência de agir’”, conclui.

Assista abaixo à entrevista de Maria Lynch ao Prêmio PIPA 2010:

 

“Máquina Devir”, individual de Maria Lynch
Curadoria de Bernardo Mosqueira

Em cartaz de 15 de janeiro à 19 de março de 2017
Abertura: Sábado, 14 de janeiro, às 19h30

Oi Futuro Ipanema
Rua Visconde de Pirajá, 54 – Ipanema
T: (21) 
3131-9333
Funcionamento: ter – dom, de 13h às 21h
Classificação: 18 anos
Entrada franca



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA