Em cartaz | “Em polvorosa, um panorama das coleções do MAM-Rio”

(Rio de Janeiro, RJ)

Se os interessados em visitar “Em Polvorosa: um panorama das coleções do MAM-Rio”, em cartaz desde 30 de julho do ano passado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ainda têm bastante tempo – a exposição fica em cartaz até 05 de março, assim como “Atensão” e “Todo ideal nasce vago” – , esta é a última semana para visitar as obras da mostra localizadas no “espaço monumental” do museu. Com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, a coletiva é composta por obras das três coleções do museu (MAM-Rio, Gilberto Chateaubriand e Joaquim Paiva) que, combinadas, produzem diversos panoramas da produção artística brasileira e internacional.

A exposição não foi concebida, contudo, a partir de temas ou de questões. O nome é uma homenagem ao artista Tunga: em uma das obras sem título da série “Desenhos em polvorosa”, vemos corpos entrelaçados, que de tão próximos se misturam e acabam tendo seus limites confundidos. Encontramos no desenho de Tunga o que poderia ser considerada uma imagem-símbolo desta exposição. Seu foco é mostrar aos visitantes da cidade, do Brasil e do mundo a qualidade resultante da mescla das três grandes coleções que constituem o acervo do MAM-Rio, que juntas chegam a somar mais de 16 mil obras, entre desenhos, gravuras, fotografias, pinturas, esculturas, vídeos, instalações, objetos, performances, livros de artista e intervenções.

Assim, o trabalho de curadoria aqui se constituiu como um livre exercício, que esperamos que os visitantes também façam, ao abrir o maior número possível de caminhos e possibilidades de articulação. Caminhos que em alguns momentos se aproximam e em outros se afastam, mas que nunca se excluem. Nesta exposição não há um único percurso já que não está organizada em ordem cronológica – ainda que, em alguns momentos, não se abdique dela totalmente.

“Em Polvorosa: um panorama das coleções do MAM-Rio” é, sobretudo, uma celebração do acervo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e do encontro dele com o público.

Confira a programação de fevereiro do MAM-Rio:

“Em Polvorosa: um panorama das coleções do MAM-Rio”
Curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes
Em cartaz de 30 de julho até 05 de março (o primeiro segmento se encerra, porém, em 05 de fevereiro)

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio)
Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo
Funcionamento: ter – sex, 12h às 18h; sáb, dom e feriados, 11h às 18h
T: (21) 3883-5600



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA