Daily Archives: 16 de janeiro de 2017

0

“Paisagens Invisíveis” constrói cenários inteiros através de sons

(São Paulo, SP) É verdade que a programação do Museu Brasileiro de Escultura, o MuBE, jamais se limitou à arte que inspira o seu nome, indo da pintura à fotografia, do grafite ao cinema. Não deixa de ser curioso, porém, o fato de que sua exposição mais recente não tem um objeto sequer. Apresentando obras de 11 artistas e curada por Cauê Alves e Floriano Romano, a coletiva “Paisagens Invisíveis” é exclusivamente composta de sons.

0

“O livro de São Sebastião”, individual de Bruno Vilela, motiva roda de conversa e mostra de curtas

(Rio de Janeiro, RJ) Inaugurada em dezembro do ano passado na Anita Schwartz Galeria, a individual “O livro de São Sebastião”, de Bruno Vilela, apresenta nesta quarta-feira, dia 18 de janeiro, uma programação (e tanto) de verão. Às 18h, um bate-papo entre Rodrigo Braga, Pollyana Quintella, Michel Masson e o próprio artista abre os trabalhos. Com ares de performance, a ideia é que Vilela, sentado em um divã de costas para o público, seja “analisado” por Braga e Pollyana. Depois, acontece uma mostra de curtas no contêiner no terraço da galeria.






0

Últimos Dias | Coletiva “Cromofilia vs. Cromofobia” investiga a cor

(São Paulo, SP) A invenção da tabela cromática na década de 1960 trouxe uma liberdade sem precedentes para os artistas ao oferecer uma alternativa ao tradicional e rígido círculo cromático. É essa liberdade que é celebrada em “Cromofilia vs. Cromofobia: investigações da cor”, coletiva da Galeria Nara Roesler que entra hoje em sua última semana. Com obras de 18 artistas – entre eles os já indicados ao Prêmio PIPA Antonio Dias, Bruno Dunley, Cao Guimarães, Lucia Koch e Rodolpho Parigi – a mostra desafia os espectadores a experimentar a cor.






Copyright © Instituto PIPA