Daily Archives: 25 de novembro de 2016

0

“Projeto Piauí”: uma viagem à região pelo olhar de sete artistas

(Rio de Janeiro, RJ) Foram 12 dias de carro do interior do Piauí até o Delta da Parnaíba. O resultado da jornada, empreendida por Alexandre Canonico, Bruno Dunley, Isabel Diegues, Luis Barbieri, Marina Rheingantz (finalista do Prêmio PIPA 2015), Mauro Restiffe e Paloma Bosquê, pode ser conferido neste sábado, 26 de novembro, na abertura do “Projeto Piauí”, no espaço Jacaranda na Villa Aymoré. Apresentando fotografias, esculturas, desenhos, pinturas e áudios, a exposição ecoa “a desautomatização do olhar de cada viajante”.

0

“Coletiva” explora técnicas do desenho em obras de 24 artistas

(São Paulo, SP) Com obras de 24 artistas, a mostra “Coletiva” busca relações e convergências entre trabalhos que se baseiam nas técnicas próprias do desenho. Produzidas entre 2008 e 2016, as obras – um conjunto heterogêneo de pinturas, desenhos e esculturas – assumem suportes tão diversos quanto o veludo e o papelão. Ainda no dia da abertura, são lançados os livros-obra “Ressaca tropical”, do finalista do Prêmio PIPA 2011, Jonathas de Andrade, e “{[()]}”, do indicado à primeira edição do Prêmio PIPA Thiago Honório.






0

“Superfícies Ressonantes” investiga as dualidades afetivas da forma na obra de 27 artistas

(São Paulo, SP) Com curadoria de Daniel Steegmann Mangrané, finalista do Prêmio PIPA 2014, “Superfícies Ressonantes” investiga as dualidades afetivas da forma na obra de vinte e sete artistas. Fortemente influenciada pela experiência de seu curador no Brasil, a mostra usa a inventividade das vanguardas brasileiras como lente de leitura de certo cânone internacional, usando-se tanto das conexões formais e conceituais entre trabalhos díspares, como da experiência do corpo no espaço em relação às obras.






0

Projeto “Novas Poéticas” expõe trabalhos de 23 artistas

(Curitiba, PR) O projeto “Novas Poéticas” abre na próxima sexta-feira, 25 de novembro, sua terceira exposição, dessa vez na Fundação Museu do Futuro. A mostra apresenta trabalhos de 23 artistas – entre eles, Ingrid Bittar, indicada ao Prêmio PIPA – , selecionados através de uma convocatória lançada em junho por Germano Dushá, Pollyana Quintella e Guilherme Gutman. A exposição comporta linguagens diversas: tendências formalistas, aspirações sócio-políticas, pesquisas de si, da paisagem, do entorno, da matéria e suas qualidades, da tecnologia.






O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA