“Contando Ovelhas Elétricas”, mostra explora o sintético do natural e o natural do sintético

(São Paulo, SP)

o Sesc Sorocaba apresenta, do dia 07 de outubro a 15 de janeiro, a exposição “Contando Ovelha Elétricas”, de Gisela Motta & Leandro Lima. A curadoria é de Paulo Miyada.

Elementos artificiais e sintetizados propõem reflexões naquilo que chamamos de natural, assim como intrigantes analogias de vida nos materiais e sistemas fabricados pelo homem.

Em 1968, o escritor norte-americano Philip K. Dick publicou Androides sonham com ovelhas elétricas?, romance que inspirou o roteiro do filme Blade Runner (1982) e antecipou complexas ambiguidades entre vidas orgânicas e sínteses eletrônicas e digitais. Existe muito de artificial e sintetizado no que chamamos de natural, assim como existem intrigantes analogias de vida nos materiais e sistemas fabricados pelo homem. É justamente a região ambivalente entre o sintético do natural e o natural do sintético que a exposição dos artistas Gisela Motta e Leandro Lima explora.

Circuitos eletrônicos, ondas sonoras, lâmpadas fluorescentes, câmeras sensíveis ao calor e outros artefatos fabricados estão entre os componentes de surpreendentes demonstrações de vida, que nos falam sobre os corpos, as cidades, as paisagens e a natureza.

“Contando Ovelhas Elétricas”, de Gisela Motta & Leandro Lima
Curadoria de Paulo Miyada
Abertura: 07 de outubro
Em cartaz até 15 de janeiro

Sesc Sorocaba
Rua Barão de Piratininga, 555 – Sorocaba
Funcionamento: de terça a sexta das 09h às 22h
sábados e domingos das 10h às 19h
T: (15) 3332-9933
email@sorocaba.sescsp.org.br



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA