Últimos dias | “Verdades que Habitam em Coisas que Restam”, mostra individual de Tinho

(Rio de Janeiro, RJ)

A Galeria Movimento apresenta ao público a mostra “Verdades que Habitam em Coisas que Restam”, do artista plástico Walter Tada Nomura, o Tinho, um dos precursores da arte urbana no Brasil. O paulista faz parte do primeiro grupo que rompeu com a estética da arte urbana internacional, criando traços próprios e ousados e alavancando o nível da arte urbana brasileira e mundial.

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

A mostra inédita gira em torno dos bonecos de retalhos, personagens criados pelo artista em 1993. Cada retalho representa uma vivência, uma experiência, uma representação do ser humano. Na mostra eles saem das telas, ganham papel principal e se materializam.

Os bonecos artesanais e únicos são fruto analógico, incomuns à modernidade que ruma para a vida digital. Simbolizam uma figura protetora e acolhedora, remetem à herança de uma época, onde os brinquedos eram passados geração por geração.

No mezanino do Cassino Atlântico está a instalação principal da mostra. Aqui propomos um espaço para reflexão e convidamos o público a participar trazendo roupas em bom estado para a instalação. As roupas doadas serão destinadas ao Instituto da Criança.

“Verdades que Habitam em Coisas que Restam”, mostra individual de Tinho
Abertura: 2 de julho, às 19h
Em cartaz até 31 de julho

Galeria Movimento
Avenida Atlântica, 4240/212-213 – Copacabana
T.: 55 21 22675989
contato@galeriamovimento.com



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA