Últimos dias | “Terra Comunal”, com Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês

(São Paulo, SP)

O SESC Pompéia recebe até maio a mostra “Terra Comunal – Marina Abramović + MAI”, dedicada à obra da artista sérvia Marina Abramović e os três elementos focais da sua prática em performance. A artista convidou nomes brasileiros para integrar a mostra, como Ayrson Heráclito, Maurício Ianês e o Grupo EmpreZa.

O projeto é dividido em duas partes: Terra Comunal – Marina Abramovic, com obras da artista, e Terra Comunal – MAI, que apresentará a proposta do Marina Abramovic Institute pela primeira vez em grande escala no mundo. A primeira parte da exposição, reúne três instalações de Abramovic: The House with the Ocean View (A Casa com Vista para o Mar), que traz a narração das ações da artista durante a performance de doze dias apresentada em Nova York, em 2002; The Artist is Present (A Artista está Presente), com as duas cadeiras da exposição no MoMA, em Nova York, e projeções que mostram de um lado o público que participou da performance em 2010 e, do outro lado, Marina Abramovic olhando cada um deles; e a inédita 512 Hours (512 Horas), criada a partir da performance realizada na Serpentine Gallery, de Londres, no ano passado. Com a curadoria de Jochen Volz e assistência de Catarina Duncan, esta primeira parte da exposição conta ainda com uma seleção de vídeos de performances históricas da artista e seus Objetos Transitórios, criados a partir das primeiras visitas de Abramovic ao Brasil, desde 1989, onde pesquisou minerais e pedras preciosas e suas influências no corpo humano.

A segunda parte do projeto, Terra Comunal – MAI (Marina Abramovic Institute), apresentará a maior experiência já aplicada das propostas do instituto em todo o mundo. O público poderá conhecer e participar do Método Abramovic, praticando uma série de atividades imersivas durante um período de duas horas, a fim de explorar as fronteiras da arte imaterial e das performances de longa duração. “Vivemos num mundo de constantes distrações. Os exercícios do Método permitem que as pessoas experimentem o tempo de estar com elas mesmas, a quietude e a ausência de necessidades. Isto possibilita ao participante absorver e apreciar melhor as performances de longa duração”, destaca a artista.

Em Terra Comunal – MAI, ainda há um espaço dedicado ao aprofundamento de pesquisa sobre performances e arte imaterial, denominado Space In Between (Espaço Entre), onde acontecerão palestras e atividades com artistas e convidados de diferentes áreas. Os encontros com Marina Abramovic no Teatro também integram a programação desta segunda parte do projeto.

A performer e as curadoras Paula Garcia e Lynsey Peisinger selecionaram oito artistas brasileiros que realizarão performances ao vivo durante todo o evento. Antes da abertura da exposição, Marina Abramović e Lynsey Peisinger conduziram uma oficina para os artistas brasileiros convidados com o objetivo de prepará-los para as dificuldades que enfrentarão no desdobrar de suas ações no programa oito performances, fornecendo as ferramentas necessárias para se manterem focados e conectados ao momento presente durante os dois meses em que as performances serão apresentadas ao público. A oficina é essencial para os artistas estarem em sintonia com o Método Abramović e no estado de espírito adequado para desempenhar seu trabalho. Entre os selecionados, estão Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês.

Ayrson Heráclito apresenta “Transmutação da Carne”, em que performers convidados vestem roupas feitas de carne-seca, que são marcadas a ferro quente com insígnias de senhores de engenho da Bahia colonial.

O Grupo EmpreZa exibe “Vesúvio”, desmistificando atitudes e tensionando os limites do espaço a partir da pressão experimental.

Maurício Ianês apresenta “O Vínculo”, onde ficará disponível para criar relações com o público durante todo o período da exposição. O público pode e deve interagir com o artista, para desenvolver e propor ações, conversas e atividades no espaço destinado à ação.

Para acessar a programação completa, clique aqui.

“Terra Comunal – Marina Abramović + MAI”, com Ayrson Heráclito, Grupo EmpreZa e Maurício Ianês
Terra Comunal – Marina Abramović | Curadoria de Jochen Volz e assistência de Catarina Duncan
Terra Comunal – MAI | Curadoria de Paula Garcia e Lynsey Peisinger
Em cartaz até 10 de maio
Entrada franca

SESC Pompeia
Rua Clélia, 93 – Pompeia
Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, de 9h às 20h
T: (55 11) 3871-7700



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA