Últimos dias | “fontes e sequestros”, individual de Renata Lucas

(Berlim, Alemanha)

A galeria neugerriemschneider recebe pela primeira vez em individual a artista Renata Lucas, vencedora do PIPA 2010, que apresenta a mostra “fontes e sequestros”.

O corpo diverso de trabalhos de Renata Lucas lidam com o relacionamento multifacetado entre os indivíduos e seu meio-ambiente urbano. Com intervenções nos sistemas arquitetônicos da cidade – desde cortes, conexões e aberturas a sobreposições e duplicações de estruturas espaciais definidas – Lucas manipula molduras estruturais para expor, reformular e redefinir as intrínsecas definições de posse, uso e interação social, de maneira divertida e radical. Como parte de seu projeto em curso com sistemas arquitetônicos, a artista investigou as hidrovias em Berlim e suas tentativas de conter e controlar o vital e autônomo elemento que é a água. Consistindo em rios, canais, água subterrânea e canais de esgoto, essa complexa rede funciona pelos prédios da cidade e em volta deles, se aproveitando deles e conectando esferas privadas e públicas de forma invisível.

Com “fontes e sequestros”, Renata Lucas aplica essas ideias em trabalhos desenvolvidos especialmente para o interior e o exterior da galeria e seu entorno. Usando o pátio da galeria como local para uma temporária instalação de larga escala, Lucas se apropria de fragmentos da paisagem urbana de Berlim, colocando-as em relação com cada uma, criando uma construção complexa consistindo em segmentos sobrepostos baseados em três fontes históricas dispersas pelos vários bairros da cidade. Abrangendo um vasto leque de contextos sociais e eras – desde o fim do século XIX aos anos 20 e 80 do século XX – essa construção examina as estruturas da cidade por seu vocabulário arquitetônico e interfaces públicas.

A instalação de Renata Lucas consiste em quatro piscinas semicirculares entrecruzadas. Um segmento baseado na mais antiga fonte em Tiergarten, em Berlim, “Triton” 1988), atravessa “Eva” (1927) – uma fonte que está isolada em uma rotunda em Alt-Tempelhof. Por sua vez. essa seção cruza com “Marzahn’s Tanz der Jugend” (1984) – uma estrutura cuja cerâmica colorida são testemunhas da estética do modernismo tardio. Retirados de seus estados originais e arrancada de suas esculturas centrais, esses fragmentos do espaço público de Berlim foi desconstruído e reorganizado pela artista com o intuito de emaranhar tempo e espaço. O intercâmbio mútuo entre os componentes estruturais é visualizado na corrente da água, cujo fluxo em cada bacia do sistema de fonte de Lucas entra em um ciclo sem fim. Esse fluxo circular é conectado a três drenos embutidos no chão do interior da galeria. Ecoando as formas circulares das bacias de cada fonte, os drenos são colocados em diferentes camadas de concreto e asfalto que revelam a estrutura história do espaço da galeria.

“fontes e sequestros”, individual de Renata Lucas
Em cartaz até 30 de maio

neugerriemschneider
Linienstraße 155
Funcionamento: de terça a sábado, das 11h às 18h
T: +49 30 2887-7277
mail@neugerriemschneider.com



Copyright © Instituto PIPA