MAM-Rio | Agenda completa

(Rio de Janeiro, RJ)

Exposições em cartaz

“O Fim da Matéria”, de Damián Ortega
Até 14 junho | curadoria Luiz Camillo Osorio

Numa instalação inédita um grande cubo de isopor é transformado por um grupo de escultores anônimos durante o período da exposição. As esculturas funcionam como um inventário da história da escultura. Imagens de alguma maneira no repertório, inconsciente coletivo ou imaginário do homem, em que a história da humanidade vira alegoria.

“Ver e ser visto”
Abertura dia 15 de abril (19h às 22h)
Até 19 de julho | curadoria Guilherme Gutman

Uma exposição que olha as coleções do Museu tendo como princípio norteador a ideia de que todo trabalho de arte é construído em torno do vazio: é nesta espécie de contorno de um espaço aberto que “a coisa” deve advir. Dito de outro modo, toda experiência estética é a de remissão ao objeto perdido e, por isso mesmo, incessantemente buscado por cada um de nós.

“Genealogias do Contemporâneo | Coleção Gilberto Chateaubriand”
Exposição permanente | curadoria Luiz Camillo Osorio

Totalmente remodelada, a exposição permanente é divida em: Brasil visões e vertigens, Cidade partida, Corpos híbridos, Respirações geométricas e Mergulho na coleção, com trabalhos de Maria do Carmo Secco.

“MAM Sua história, seu patrimônio”
Exposição permanente | curadoria Elizabeth Catoia Varela

Mostra sobre nossa história e a arquitetura. Estão presentes, além da grande maquete do conjunto arquitetônico do museu, materiais gráficos de diversas épocas.

EDUCAÇÃO E ARTE eu, você e o MAM

Programa em família | domingos as 15h
Acolhimento de público em geral para visitas ao acervo e às exposições temporárias e desenvolvimento de atividades artístico-educativas nos espaços internos e externos do museu.

Visitas em grupo | agendamento atendimento@mamrio.org.br

– Terça a sexta 13h e 15h – grupos de até 40 pessoas
Programa elaborado para o acolhimento de escolas, compreendendo visitas comentadas às exposições, atividades práticas de sensibilização e criação artística. Voltado para turmas de alunos, ONGs, grupos de educação especial e grupos que trabalhem com a inclusão social.

– Quartas, sábados e domingos 16h – grupos de até 20 pessoas
Programa elaborado para grupos espontâneos de visitantes interessados em acompanhamento comentado às exposições do museu.

CINEMATECA

FANTASPOA NO RIO
16 mai a 2 jun 2015 | curadoria Gilberto Santeiro

Longas e curtas metragens que integram o 11º Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre, o maior festival de cinema fantástico da América Latina. As sessões contarão com a presença dos diretores.

INGMAR BERGMAN
9 a 31 maio 2015 | curadoria Gilberto Santeiro

Uma retrospectiva da obra deste que é um dos mais importantes cineastas da história. Serão exibidos 13 de seus longas metragens, notadamente do início de sua carreira e também um de seus últimos trabalhos Na presença de um palhaço (1997), filme realizado para a televisão.

O RIO DE JANEIRO NO CINEMA POR NELSON PEREIRA DOS SANTOS E CARLOS HUGO CHRISTENSEN
fevereiro – dezembro 2015 | curadoria Gilberto Santeiro

Dando prosseguimento a mostra comemorativa dos 450 anos do Rio de Janeiro, a Cinemateca exibe filmes de Nelson Pereira dos Santos e Carlos Hugo Christensen, dois dos cineastas que melhor retrataram a cidade.

CALENDÁRIO

dom 24

16h Mostra Bergman. “Para não falar de todas essas mulheres/ För att inte tala om alla dessa kvinnor”, de Ingmar Bergman. Suécia, 1963. Com Bibi Andersson, Harriet Andersson, Eva Dahlbeck. Legendas em português. 80’. Cópia em DVD. Crítico pretensioso escreve a biografia de um violoncelista virtuose, para sua pesquisa ele se hospeda em sua casa por alguns dias. Classificação 16 anos.
18h Mostra Bergman. “Na presença de um palhaço/ Larmar och gör sig till”, de Ingmar Bergman. Suécia/Itália/Noruega/Alemanha/Dinamarca, 1997. Com Börjie Ahlstedt, Erland Josephson. Legendas em português. 119’. Cópia em DVD. Filme para televisão. Engenheiro é internado em um hospital psiquiátrico. Do seu quarto ele alimenta o projeto de inventar o cinema falado. Classificação 16 anos.

qui 28

18h30 Cineclube plano – “O leão de sete cabeças/ Der Leone have sept cabeças”, de Glauber Rocha. Brasil/Itália, 1969. Com Rosa Maria Penna, Rada Rasssimov, Jean-Pierre Léaud. 95’. Denúncia do colonialismo e do subdesenvolvimento, uma história do colonialismo euro-americano na África. Classificação 16 anos.

sex 29

18h30 Mostra Bergman. “A paixão de Ana/ En passion”, de Ingmar Bergman. Suécia, 1970. Com Liv Ullmann, Bibi Andersson, Max von Sydow. Legendas em português. 101’. Cópia em DVD. Andreas vive sozinho em uma ilha, até que um dia se envolve com Ana, uma viúva misteriosa. Eles passam a ser amigos de um casal vizinho, com quem partilham decepções e sonhos. Classificação 16 anos.

Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
Av Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo 20021-140 Rio de Janeiro, RJ – Brasil.
T +55 (21) 3883 5600
www.mamrio.org.br facebook/museudeartemodernarj
twitter/mam_rio

Horários
ter – sex 12h – 18h | sáb, dom e feriados 12h – 19h
A bilheteria fecha 30 min antes do término do horário de visitação.

Ingressos
Exposições R$12,00 (inclui uma sessão gratuita na cinemateca válida no dia da emissão do ingresso).
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$6,00. Domingos ingresso família até 5 pessoas R$12,00.
Cinemateca R$6,00
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$3,00. GRATUIDADES Amigos do l, crianças até 12 anos e funcionários das empresas mantenedoras e parceiras (mediante apresentação de crachá, com direito a um acompanhante) e quartas após às 15h.

Como chegar Referência: O Museu de Arte Moderna está localizado entre o Monumento aos Pracinhas e o Aeroporto Santos Dumont

Ônibus (linhas e pontos)
Da Zona Sul >> Via Parque do Flamengo: 472 (Leme), 438(Leblon),154 (Ipanema), 401 (Flamengo), 422 (Cosme Velho). Ponto na Avenida Beira Mar em frente à passarela.
Via Aterro: 121, 125 e 127 (Copacabana). Ponto na Avenida Presidente Antônio Carlos em frente ao Consulado da França.
Da Zona Norte >> 422 (Tijuca), 472 (São Cristóvão), 438 (Vila Isabel),401 (Rio Comprido). Ponto na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Da Zona Oeste >> Frescão Taquara-Castelo (via Zona Sul). Ponto mais próximo localiza-se na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Metrô: Estação Cinelândia

Acesso a deficientes Cadeiras de rodas, rampas de acesso até os salões de exposição, elevadores e sanitários especiais.

Estacionamento Pago no local 7h – 22h

Para mais informações acesse http://mamrio.org.br.


O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA