“Coquetel” reúne artistas em projeto sobre os mecanismo da arte

(Rio de Janeiro, RJ)

A partir do dia 12 de maio, o Castelinho do Flamengo será ocupado pela exposição Coquetel. Joana Traub Csekö e outros oito artistas apresentarão trabalhos inéditos, concebidos especialmente para a exposição e em diálogo com a arquitetura eclética que caracteriza o espaço.

“Coquetel” pretende reintroduzir este centro cultural da prefeitura do Rio de Janeiro no circuito da arte contemporânea. O local, que já foi cenário de trabalhos de artistas como Marcos Chaves, Ana Miguel, Claudia Bakker e Renato Bezerra de Melo, agora se torna palco de instalações de artistas emergentes. O grupo escolhido para o projeto enfatiza a variedade de mídias e estratégias usadas na arte contemporânea ― objeto, escultura, fotografia, apropriações. Coquetel trará para o público uma amostragem da diversidade e da maleabilidade com as quais a arte de hoje trabalha, não se intimidando diante de diferentes espaços e situações, mas criando a partir de diversos contextos e suas particularidades.

No térreo, Zé Carlos Garcia apresenta uma de suas esculturas aladas, sendo acompanhado na sala ao lado por André Renaud, com duas pilhas de lixo que se espelham. No primeiro andar, Joana Traub Csekö revela um de seus foto-objetos, criado especialmente para o local; Isabela Sá Roriz cria móveis que se desfazem em líquido; e Bernardo Zabalaga mostra o resultado de uma de suas terapias energéticas. No segundo andar, Jeferson Andrade expõe uma pesquisa feita a partir de fotos pessoais de um soldado encontradas na rua; Leo Ayres constrói um viveiro de plantas caseiras; Julia Csekö exibe uma de suas esculturas da série Híbridos; e Mario Grisolli nos provoca com uma máquina construída com o motor de um espremedor de sucos.

Na abertura, haverá uma ação-ritual de Bernardo Zabalaga e uma leitura performática de Jeferson Andrade. A exposição contará ainda com duas conversas com curadores, críticos e artistas, nos dias 9 e 30 de junho. Serão debatidos os temas “arte e magia” e “outros circuitos”.

Participam desta mostra: André Renaud, Bernardo Zabalaga, Isabela Sá Roriz, Jeferson Andrade, Joana Traub Csekö, Julia Csekö, Leo Ayres, Mario Grisolli e Zé Carlos Garcia.

“Coquetel”, coletiva com Joana Traub Csekö
Abertura: 12 de maio, das 18h às 22h
Em cartaz até 12 de julho
Entrada franca

Castelinho do Flamengo – Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho
Praia do Flamengo, 158 – Rio de Janeiro – RJ
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h
Mais informações em http://coquetelcastelinho.tk



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA