Carla Zaccagnini realiza leitura sobre pesquisa em andamento

(Malmö, Suécia)

O museu Malmö Konsthall recebe a artista Carla Zaccagnini no próximo domingo, 24 de maio, para conversa em torno do livro “Brasil: País do Futuro”, de Stefan Zweig. A conversa é a apresentação de uma pesquisa em andamento sobre o livro e o contexto em que foi publicado.

“Brasil, o País do Futuro” é quase um axioma, um pronunciamento automático, como “Paris, a Cidade Luz” ou “Nova York, a Grande Maçã”. Brasil: País do Futuro é o título de um livro publicado na Alemanha em 1941 pelo austríaco Stefan Zweig, que chegou ao país no ano anterior, fugindo da guerra e desejando escrever “o livro brasileiro”, como anunciou ao seu editor local via telegrama.

O livro “Brasil: País do Futuro” exalta a notória imensidão do território do país e seus recursos naturais, mas também enaltece as supostas características de seus habitantes que, ‘diante da deprimente e imperceptível influência do tempo, desenvolvem menos força impulsiva, menor veemência, menor dinamismo…’. Essa falta de potência criada pelo calor parece estar onde a promessa da ‘futura civilização’ vive, onde a humanidade viverá em paz por uma dissolução natural de forças, e não por uma resolução forçada de injustiças.

O espaço também recebe a exposição de Zaccagnini e Runo Lagomarsino, em cartaz até 24 de maio. Saiba mais:

As práticas artísticas de Runo Lagomarsino e Carla Zaccagnini refletem o trans-nacionalismo de suas respectivas biografias. Lagomarsino nasceu em Lund, na Suécia, filho de pais argentinos descendentes de italianos. Fugiram do país como refugiados políticos durante os anos 70. ZAccagnini nasceu em Buenos Aires, filha de pais de origem italiana, que imigraram para o Brasil em 1981. Essas raízes migratórias se manifestam nas práticas de ambos os artistas, evidentes em suas abordagens versáteis aos meios artísticos, assim como em seu engajamento em distintos campos, como a linguística, geografia, pós-colonialismo, identidade nacional, gênero, história da arte e gêneros de arte, assim como crítica internacional. Os trabalhos exibidos nessa mostra funcionam como encontros episódicos nas pesquisas constantes dos artistas nessas respectivas áreas.

As obras apresentadas nessa exposição foram divididas em cinco abrangentes temas: mapeamento e topografia, violência e destruição, distâncias em atrito, atravessando linguagens e regiões, deslocamento e (des)construção da identidade nacional. Os agrupamentos são representados formalmente por uma estrutura e um sistema gráfico desenvolvido pelo artista Luca Frei, convidada pelos artistas devido a seu interesse por escultura como uma forma de exposição. Cinco paredes monumentais fazem referência ao formato de um compasso, trazendo atenção à recorrente noção to movimento geográfico nos trabalhos de Zaccagnini e Lagomarsino, enquanto divide a atenção do público do centro da galeria.

Brasil: País do Futuro – Leitura de Carla Zaccagnini
24 de maio, às 15h (UTC+2)
Entrada franca, lugares limitados

Carla Zaccagnini e Runo Lagomarsino
Curadoria de Diana Baldon e Nicola Lees
Em cartaz até 24 de maio
Entrada gratuita

Malmö Konsthall
S:t Johannesgatan 7
Funcionamento: diariamente, das 11h às 17h. Quartas, das 11h às 21h
T: +46 40-34 12 86
info.konsthall@malmo.se



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA