Artistas falam com exclusividade para o PIPA | Assista às novas entrevistas

Anualmente os artistas que participam do PIPA são convidados a gravar uma entrevista em vídeo com exclusividade para o Prêmio. Com elas conhecemos melhores os artistas, suas carreiras, idéias e motivações. As entrevistas são produzidas pela Matrioska Filmes.

Esta semana divulgamos três novas entrevistas. Assista:

Gabriel Mascaro

Natural de Recife, PE, Gabriel Mascaro foi indicado ao PIPA este ano pela primeira vez. Esta é portanto sua primeira entrevista para o Prêmio.

Neste vídeo o artista fala de sua pesquisa sobre como o corpo atua em esferas de conflito de poderes, conta sobre seus trabalhos “Não é sobre sapatos” (uma série feita com imagens das manifestações de 2013, que foi apresentada na 31ª Bienal de São Paulo) e “Doméstica”, um documentário sobre empregadas domésticas. Mascaro conta ainda sobre o trabalho que irá desenvolver durante um período em que participará de um programa de residência artística em Ohio, EUA.

Assista ao vídeo:


Para saber mais sobre Gabriel Mascaro acesse a página do artista.

Luiz Roque

Indicado este ano pela segunda vez, Luiz Roque concede agora sua segunda entrevista exclusiva para o Prêmio.

Nela Roque conta sobre o período de dois meses que passou em Londres em 2014. Participando de um programa de residência artística, o artista aproveitou a estadia na cidade inglesa para aprofundar suas pesquisas sobre a era vitoriana, sobre Leigh Bowery (um performer dos anos 80) e sobre o artista Henry Moore.

Neste vídeo o artista fala ainda de como sua obra busca criar dúvidas e frustrações sobre certas ideias que temos como certas e trabalhar questões de gênero e de corpo.

Assista à entrevista:

Para saber mais sobre Luiz Roque acesse a página do artista.

Poro

Criado em 2002, o Poro é um coletivo composto por Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada!. Eles, que vivem e trabalham entre Belo Horizonte, MG e Salvador, BA, e foram indicado ao PIPA pela primeira vez este ano, concederam uma entrevista exclusiva para o Prêmio.

Bem humorados, os artistas contam que seu trabalho estimula a intervenção urbana como uma ferramenta de discussão e pensamento sobre a cidade e relatam que o trabalho tem diversos momentos, com diferentes leituras e dimensões.

Assista ao vídeo:

Para saber mais sobre o Poro acesse a página do coletivo.



O PIPA respeita a liberdade de expressão, e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site odem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.
Copyright © Instituto PIPA