Daily Archives: 7 de maio de 2015

Em cartaz | “Da Escrita, Delas, Elas”, com Ana Miguel, Daniela Mattos, Gabriela Noujaim, Joana Cesar, Raïssa de Goes e Rosana Ricalde

(Rio de Janeiro, RJ) Projeto propõe o acompanhamento e mapeamento de “escritas” (vozes, falas) que possibilitem traçar perfis de profissionais brasileiras de arte e de cultura. Identificando poéticas, criando um lugar de troca e de visibilidade de processos criativos, de agenciamentos culturais que priorizem a produção escrita relacionada às artes visuais. Ana Miguel, Daniela Mattos, Gabriela Noujaim, Joana Cesar, Raïssa de Goes e Rosana Ricalde são algumas das artistas participantes, cuja utilização da escrita é um denominador comum que as agrega; seja como meio de expressão principal, seja como matéria, objeto e/ou suporte para trabalhos em artes visuais.

Em cartaz | “Ver e Ser Visto” no MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) “Ver e ser visto” é uma exposição que olha as coleções do MAM tendo como princípio norteador a ideia de que todo trabalho de arte é construído em torno do vazio: é nessa espécie de contorno de um espaço aberto que “a coisa” deve advir. Dito de outro modo, toda experiência estética éa de remissão ao objeto perdido e, por isso mesmo, incessantemente buscado por cada um de nós.






0

Leia entrevista do Grupo EmpreZa cedida ao Instituto Marina Abramovic

A discussão apresentada na entrevista produzida exclusivamente para o Marina Abramovic Institute por Ulisses Carrilho é um diálogo com o Grupo EmpreZa. No lugar das tradicionais perguntas e respostas, o coletivo de arte escolheu responder perguntas com novas questões e fragmentos de textos institucionais. As questões foram propostas pelo grupo e estão presentes na íntegra no catálogo de “Terra Comunal”, mostra em que estão em cartaz, ao lado da retrospectiva de Marina Abramovic. Leia a entrevista.






Programação de 7 e 8 de maio

Acesse a agenda, confira os eventos ligados aos artistas indicados ao PIPA, ao MAM-Rio e demais envolvidos com o Prêmio, que estão acontecendo ao redor do Brasil e do mundo, e programe sua semana.






Imagens capturadas durante os 40 anos de carreira de Luiz Braga em exposição

(Santo André, SP) Imagens entre Pará, Maranhão e Ilha de Marajó permeiam a exposição de Luiz Braga. Do cotidiano desses lugares, olhares captados que transcendem o local e encontram espaço na universalidade. As relações entre tempo e espaço percorrem este recorte de quase quarenta anos do trabalho do fotógrafo paraense. O olhar sobre a obra de Luiz Braga nesta exposição é de Diógenes Moura, escritor e editor independente.






O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA