Últimos dias | “Pinturas de onda, mato e ruína”, mostra individual de Rodrigo Andrade

(São Paulo, SP)

A Galeria Millan realiza, de 8 de outubro a 8 de novembro, nova exposição individual de Rodrigo Andrade, chamada “Pinturas de onda, mato e ruína”, que apresenta as séries inéditas do artista “A chegada do tsunami e outras pinturas” e “Bicromias”.

Da primeira, destacam-se obras de grandes dimensões, que exploram a materialidade da pintura na representação da força monumental de certos eventos naturais: a obra “A onda do tsunami” projeta a onda para fora da tela, enquanto “Chegada do tsunami” recria uma cidade tomada pelas águas. A segunda série, “Bicromias”, também faz evocação da natureza, em paisagens construídas em duas cores com grossas camadas de tintas que caracterizam o trabalho do artista, e constitui-se de duas pinturas de grande dimensões, como “Bosque azul”, além de uma série de pequenas.

As pinturas selecionadas evidenciam a mais recente fase do artista, iniciada em 2009, quando Rodrigo Andrade passa a valer-se de registros fotográficos como ponto de partida para suas obras. Nesta exposição, o artista busca inspiração em fotografias de Daido Moriyama, Don McCullin e August Sander (além de imagens de noticiário e fotos do próprio artista) – construindo pinturas carregadas com densas massas de tinta como “um desejo de enxertar realidade na imagem, um desejo alucinatório de fazer uma pintura de paisagem tão concreta quanto a paisagem real”, como explicado pelo artista em entrevista concedida no início de 2014. Para isso, o artista lança mão de recursos como o jogo e a ilusão, com propósito de instigar sensações de fascinação, hipnose e prazer imediato no espectador. “A palavra ‘ilusão’ significa, literalmente, ‘em jogo’ (inludere), ideia que cai muito bem para a minha pintura”.

“Pinturas de onda, mato e ruína”, mostra individual de Rodrigo Andrade
Em cartaz até 8 de novembro

Galeria Millan
Rua Fradique Coutinho, 1360
Visitação: segunda a sexta, das 10h às 19h; sábados das 11h às 17h
T.: 55 11 30316007



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA