“Body Language”, mostra coletiva com Antonia Dias Leite na RU

(Nova York, EUA)

A Residency Unlimited inaugura no dia 12 a mostra coletiva “Body Language”, com obras novas de Antonia Dias Leite, Alex Verhaest, Noilin O’Kelly, Katya Grokhovsky e Maayan Sheleff.

Uma imagem vale mais que mil palavras. Essa sentença assimétrica – uma imagem vale mil palavras – é baseada na premissa de que palavras e imagens são entidades, permutáveis por valores discretos. Ambas sinalizam como as coisas funcionam no mundo. Este é certamente um jeito de olhar a relação entre imagem e linguagem comumente empregado no mundo do marketing, de onde a sentença indubitavelmente surgiu.

Há ainda outro modo, menos positivista, mais heterogêneo de considerar a relação entre palavra e imagem, que centraliza a subjetividade humana. Esse ponto de vista reconhece a realidade como uma sequência de imagens instáveis que deve ser constantemente reinterpretada e reiterada em palavras, com humanos falhos e imperfeitos como tradutores. Cada interpretação errada e tradução falhada cria uma nova série de significados que é infinitamente generativa tanto em suas possibilidades quanto nas frustrações.

“Body Language” é uma mostra que reúne cinco artistas que consideram esse processo de constante iteração e reinterpretação em suas obras. Através de diversas mídias, cada artista explora a representação humana através da inconsistência e fracasso de linguagem e gesto ao expressar necessidade, desejo e intimidade. Humanos são entendidos como jogadores dentro de uma matriz de linguagens e formas pré-existentes, que lutam para aceitar emoção e desejo.

Corpos se entrelaçam e agem sobre si mesmos com um crescente desejo canibal na instalação de Antonia Dias Leite, “There”. O olhar claustrofóbico e inquieto de Antonia sobre a sexualidade humana perscruta a relação carnal entre paixão e violência – sexo e morte – ao mesmo tempo em que relaciona o desejo à dissolução física e internal do eu. A instalação em si existe no limiar da representação e abstração, os corpos espelham um ao outro e tornam-se desconectados e disformes.

“Body Language”, mostra coletiva com participações de Antonia Dias Leite
Abertura: 12 de novembro, das 18h às 20h (gratuita e aberta ao público)
Visitação: 13 e 14 de novembro, de meio-dia às 18h; sábado 15 de novembro, das 14h às 18h
Performance por Katya Grokhovsky: 15 de novembro, às 14h
Entrevista com Frankie o robô: 15 de novembro, das 15h às 18h

Residency Unlimited
360 Court Street
Brooklyn, NY 11231



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA