Veja a programação do MAM-Rio para esta semana

(Rio de Janeiro, RJ)

Finalistas PIPA 2014
6 setembro – 16 novembro | realização Ip Capital Partners e MAM
Exposição com os finalistas do maior prêmio de arte do Brasil, o PIPA: Alice Miceli, Daniel Steegmann Mangrané, Thiago Martins de Melo e Wagner Malta Tavares.

Novas aquisições 2012-2014
30 agosto – 16 novembro | curadoria Luiz Camilo Osorio e Marta Mestre
Já faz parte da programação do MAM cada dois anos mostrar as novas aquisições da coleção Gilberto Chateaubriand, em comodato com o Museu desde 1993. É uma oportunidade para o público perceber a vitalidade e a pluralidade intrínsecas ao olhar do principal colecionador brasileiro.

“Limiares – a Coleção Joaquim Paiva no MAM-Rio”
Abertura: 11 de outubro, das 16h às 19h
11 outubro – 18 janeiro de 2015 | curadoria de Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre
Desde 2005 o MAM passou a abrigar a Coleção Joaquim Paiva em comodato, atualmente com 1963 trabalhos de fotógrafos brasileiros e estrangeiros, adquiridos a partir do início dos anos 1980. Mostra-se uma parte desta coleção, em uma de suas múltiplas leituras. A esse recorte confrontaram-se outros trabalhos das coleções do Museu.

Vanderlei Lopes – “Grilagem”
6 setembro – 9 novembro | curadoria Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre
São apropriadas cópias em papel de obras de artistas emblemáticos, e colocadas em uma caixa com grilos. Elas sofrem a açnao desta convivência, que produz uma aparência temporal diversa, um “envelhecimento”.

Prêmio Aquisições Marcantonio Vilaça Funarte 2013
Prorrogada até 19 de outubro | curadoria Luiz Camillo Osorio
A coleção do MAM – por intermédio do Prêmio Marcantonio Vilaça, Funarte – receberá este ano obras de Guilherme Dable, Jimson Vilela, João Modé, Luiza Baldan, Carlos Belivacqua, Eduardo Coimbra, Ernesto Neto e Fábio Baroli apresentando um conjunto representativo de obras e artistas que fazem parte da história recente da arte brasileira, complementares à coleção.

“Museu Encantador”, mostra-performance de Rita Natálio e Joana Levi
Até 26 de outubro
O caráter colaborativo da instalação apresentada no MAM é montado a partir de doações artísticas vindas de 17 artistas brasileiros e portugueses. Chamados de doadores de encantos, artistas visuais, performers, pesquisadores e filósofos de ambos países foram convidados a realizar diálogos sobre noções pessoais de encantamento e história cultural, formando uma teia de encantos que ligam Brasil e Portugal.

Genealogias do Contemporâneo
Coleção Gilberto Chateaubriand MAM

exposição permanente | curadoria Luiz Camillo Osorio
Remodelada em abril de 2013 a exposição é dividida em: Brasil visões e vertigens, Cidade partida, Corpos híbridos, Respirações geométricas e Mergulho na coleção: nesta edição é apresentado um conjunto de trabalhos de Arlindo Daibert.

MAM Sua história, seu patrimônio
exposição permanente | curadoria Elizabeth Catoia Varela
Mostra sobre história e a arquitetura do MAM.
Estão presentes, além da grande maquete do conjunto arquitetônico do Museu, materiais gráficos de diversas épocas.

Educação e arte | Eu, você e o MAM

Domingos às 15h
Acolhimento de público em geral para visitas ao acervo e às exposições temporárias e desenvolvimento de atividades artístico-educativas nos espaços internos e externos do museu. Livre

Visitas em grupo | agendamento atendimento@mamrio.org.br
Tera a sexta, 13h e 15h, grupos até 40 pessoas

Programa elaborado para o acolhimento de escolas, compreendendo visitas comentadas às exposições, atividades práticas de sensibilização e criação artística. Voltado para turmas de alunos, ONGs, grupos de educação especial e grupos que trabalhem com a inclusão social.

Quartas, sábados e domingos às 16h, grupos até 20 pessoas
Programa elaborado para grupos espontâneos de visitantes interessados em acompanhamento comentado às exposições do museu.

Conexões

Arte Core – Venha para o movimento
18 e 19 outubro | idealização Homegrown
Festival de arte urbana com música, oficinas (grafite e skate) e artistas de rua: Combone, Marina Zumi, Flip Yung, Atsuo Nakagawa, Fefe Talavera, Izolag, Bragga, Derlon Silva, Titi Freak, Santa Crew, Flavio Samelo, Onio, Ipek, Fleshbeck Crew, Rene Jr, Ronaldo Land, Dalmo, Ademar Luquinhas e Alex Carvalho.

Cinemateca

Ver e ser visto | 3 – 25 outubro
Juntamente com o curso homônimo, que investiga a dicotomia entre o olho e o olhar; apresentamos uma mostra de filmes que tem como tema o olhar, inclusive o tecnologicamente mediado no mundo contemporâneo.

Retrospectiva Cinesul | 17 – 19 outubro

Seleção de filmes exibidos no Cinesul – Festival Ibero-Americano de Cinema nos últimos 20 anos entre homenagens, filmes premiados e exibições especiais.

Calendário

sáb 11
16h
Visitas em grupo
16h O olho mágico do amor de Ícaro Martins e José Antônio Garcia. Brasil, 1981. Com Tânia Alves, Carla Camurati, Arrigo Barnabé. 85’. Cópia em DVD. Adolescente de 17 anos descobre um orifício na parede do escritório que dá para um quarto de hotel e passa a vigiar a vida de uma prostituta.
18h A tortura do medo (Peeping Tom) de Michael Powell. Grã-Bretanha, 1960. Com Karlheinz Böhm, Anna Massey, Moira Shearer. Legendas em português. 101’. Cópia em DVD. Homem assassina mulheres usando câmera cinematográfica para filmar suas expressões de terror enquanto morrem.

dom 12
15h
Programa em família
16h Visitas em grupo
16h A Idade do ouro (L’age d’or) de Luis Buñuel. França, 1930. Com Gaston Modot, Lya Lys, Caridad de Laberdesque. Legendas em português. 60’. Cópia em DVD. Sessão seguida de debate. Fábula surrealista sobre um homem e uma mulher apaixonados que não conseguem ficar juntos por conta da família, igreja e sociedade burguesa.
18h Quero ser John Malkovich (Being John Malkovich) de Spike Jonze. EUA, 1999. Com John Cusack, Cameron Diaz, Catherine Keener. Legendas em português. 112’. Cópia em DVD. Homem encontra porta que leva até a mente do ator John Malkovich e aluga a passagem para outras pessoas, dentre elas o próprio John Malkovich.

qua 15
16h
Visitas em grupo

qui 16
18h30
Pré-estréia de Pariatá, Uru, Pitiá de Arnaldo di Pace. Argentina/Brasil, 2014. 30’. Mário constrói os próprios instrumentos musicais, que são verdadeiras esculturas sonoras, e os toca em rodas de choro e samba. Neurópolis – Orquestra dos músicos das ruas de São Paulo de Joana Cancio e Lucas Gervilla. Brasil, 2006. 25’. Lívio Tragtenberg reúne músicos anônimos na cidade de São Paulo.

sex 17
18h30
Fiestapatria de Luis R. Vera. Chile, 2007. Com Adela Secall, Nelson Brodt, Marcela Osorio. Legendas em português. 110’. Cópia em DVD. Duas famílias se reúnem em uma casa de campo para celebrar o dia nacional e o compromisso de casamento de seus filhos. 14 anos

Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
Av Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo 20021-140 Rio de Janeiro RJ Brasil.
T +55 (21) 3883 5600
www.mamrio.org.br facebook/museudeartemodernarj
twitter/mam_rio

Horários
ter – sex 12h – 18h | sáb, dom e feriados 12h – 19h
A bilheteria fecha 30 min antes do término do horário de visitação.

Ingressos
Exposições R$12,00 (inclui uma sessão gratuita na cinemateca válida no dia da emissão do ingresso).
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$6,00. Domingos ingresso família até 5 pessoas R$12,00.
Cinemateca R$6,00
Maiores de 60 anos e estudantes maiores de 12 anos R$3,00. GRATUIDADES Amigos do l, crianças até 12 anos e funcionários das empresas mantenedoras e parceiras (mediante apresentação de crachá, com direito a um acompanhante) e quartas após às 15h.

Como chegar Referência: O Museu de Arte Moderna está localizado entre o Monumento aos Pracinhas e o Aeroporto Santos Dumont

Ônibus (linhas e pontos)
Da Zona Sul >> Via Parque do Flamengo: 472 (Leme), 438(Leblon),154 (Ipanema), 401 (Flamengo), 422 (Cosme Velho). Ponto na Avenida Beira Mar em frente à passarela.
Via Aterro: 121, 125 e 127 (Copacabana). Ponto na Avenida Presidente Antônio Carlos em frente ao Consulado da França.
Da Zona Norte >> 422 (Tijuca), 472 (São Cristóvão), 438 (Vila Isabel),401 (Rio Comprido). Ponto na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Da Zona Oeste >> Frescão Taquara-Castelo (via Zona Sul). Ponto mais próximo localiza-se na Avenida Presidente Wilson, em frente à Academia Brasileira de Letras.
Metrô: Estação Cinelândia

Acesso a deficientes Cadeiras de rodas, rampas de acesso até os salões de exposição, elevadores e sanitários especiais.

Estacionamento Pago no local 7h – 22h

Para mais informações acesse http://mamrio.org.br.



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA