Mostra “A falta que nos constitui” tem curadoria de Denise Gadelha

(São Paulo, SP)

A Zipper Galeria apresenta a individual de Nati Canto, a primeira da artista na galeria, com curadoria por Denise Gadelha. “A falta que nos constitui” é resultado da residência artística de Nati em Xangai.

Com a intenção de trazer para sua produção a leitura de um país cheio de incongruências, onde o papel da coletividade talha a população, ser não é verbo e ter é égide, abrigo e sustentação, a artista apresenta instalações, uma vídeo-performance e fotografias. “A exposição é um convite ao sensível, ao que merece ser olhado”, diz a artista. “A falta que nos constitui” cria uma atmosfera intimista, aproximando a China do Brasil, ambos países emergentes construídos sobre bases contraditórias, onde o lindo e o horrível co-habitam quase voluptuosamente.

A alternância conteúdo-forma e matéria-forma norteiam sua pesquisa de forma que movimentos de escolhas conscientes e inconscientes resultam em objetos-arte. Nesta exposição, processos precários e sofisticados são intercalados com o intuito de refletir incongruências e contradições que perpassam em muitas camadas, tanto a cultura brasileira, quanto a chinesa.

“A falta que nos constitui”, mostra individual de Nati Canto
Curadoria de Denise Gadelha
Em cartaz até 30 de agosto

Zipper Galeria
Rua Estados Unidos, 1494
55 11 43064306
Funcionamento: segunda a sexta das 10h às 19h; sábados das 11h às 17h



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA