Exposição coletiva com Sandra Cinto tematiza a madrugada

(Penzance, Cornuália, Reino Unido)

A artista Sandra Cinto participa da mostra coletiva “3am: Wonder, Paranoia and the Restless Night” [“3 da manhã: Maravilha, Paranoia e a Noite Inquieta”], que está em cartaz desde o 10 de maio na galeria The Exchange. Trata-se de uma exposição itinerante da Bluecoat, curada por Angela Kingston.

Os 22 artistas em “3am” se aventuram pelos confins da noite – a hora em que somos mais aventureiros e mas também em que estamos mais vulneráveis. A exposição demonstra como o horário noturno especificamente captura a imaginação conforme os artistas convidados exploram vários temas – psicológicos, sociológicos e naturais – para apreender a estranheza da noite e a extraordinária variedade de emoções, estados e experiências que ela testemunha. Fotografias de Tom Wood mostram baladeiros no fim de uma saída. No vídeo “Code”, de Anthony Goicolea, chamas de tochas perfuram a escuridão de um bosque onde jovens se intoxicam de adrenalina. Em “Nightwatch”, um vídeo de Francis Alÿs, uma raposa é solta dentro da National Portrait Gallery em Londres à noite, e filmada pelo circuito interno de câmeras enquanto vagueia de sala a sala.

Logo, a mostra nos atrai para a estranheza de três da manhã – quando o tempo é distorcido e a mente prega peças. Um filme chamado “Nocturne” por Lucy Reynolds retrata o lago de um parque, com estrelas orbitando velozmente acima e a superfície da água pulsando e se contorcendo inexplicavelmente. “3am” é também a hora em que os desajustados gravitam: um quadro de Anj Smith mostra um local de passagem noturno onde alguém isolado poderia deixar rastros misteriosos.

“3am” se torna ameaçadora e alucinante com os desenhos a lápis feitos por Marc Hulson de criaturas que espreitam os cantos mais escuros de uma casa comum. Uma escultura em tamanho real de bronze escurecido por Nathan Mabry retrata um jovem carregando um monstro em seus ombros fazendo careta.

Por outro lado, três da manhã é a hora das derradeiras liberdades. Uma instalação de Sandra Cinto apresenta galáxias de estrelas desenhadas em camadas de um tecido que se desenrola e os piões de alguma criança. Em esculturas de porcelana, Rachel Kneebone pendura montes de membros arqueados carregados de uma urgência sexual. A instalação de Tonico Lemos Auaud, com esferas de renda branca suspensas, chamada “Sleepwalker”, sugere um estado flutuante intermediário.

Artistas participantes: Francis Alÿs, Tonico Lemos Auad, Jordan Baseman, Sandra Cinto, Dorothy Cross, Dornith Doherty, Anthony Goicolea, Marc Hulson, Rachel Kneebone, Nathan Mabry, Michael Palm & Willi Dorner, Hirsch Perlman, Ed Pien, Lucy Reynolds, Sophy Rickett, Paul Rooney, Anj Smith, Fred Tomaselli, Danny Treacy, Bettina von Zwehl, Tom Wood.

“3am: Wonder, Paranoia and the Restless Night”, coletiva com Sandra Cinto
Em cartaz até 19/7
Visitação de segunda a sábado, de 10h a 17h

The Exchange
Princes Street, Penzance, TR18 2NL, Inglaterra
017 36363715



O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA