Daily Archives: 15 de maio de 2014

Galeria Luciana Caravello recebe a mostra individual “Só o excesso”

(Rio de Janeiro, RJ) A produção de Carolina Ponte se dedica, justamente, à observação dos ornamentos, do gesto excessivo, do “gasto improdutivo”, nos termos de Bataille. Ao produzir objetos em crochê e desenhos multicoloridos, a artista nos faz espectadores de imagens originalmente ligadas à decoração de templos. Por outro lado, também, vinculadas a ritos profanos, momentos em que temos contato com o gasto improdutivo: enfeites, fantasias para consumações catárticas.

Erika Verzutti participa em “Salon Distingué – Household effects in good company”

(Baden, Suíça) A exposição levanta questões sobre como móveis têm o potencial de obras de arte numa casa de classe média alta, tema inspirado no espaço expositivo – uma casa de campo construída no começo do século XX, refletindo as necessidades, valores e gostos de uma classe social cuja posição estava proximamente ligada a obtenção de obras de arte e outros artefatos culturais preciosos.

Roesler Hotel #26 reúne curadores emblemáticos do Brasil e do exterior

(São Paulo, SP) A Galeria Nara Roesler recebe curadores do Brasil e do mundo e a exposição Spectres, com recorte do historiador de arte Matthieu Poirier, com cerca de 20 trabalhos de nomes como James Turrell e Julio Le Parc. A mostra reúne esculturas, instalações, pinturas e fotografias abstratas, que utilizam o recurso da luz, reforçando sua fugacidade pela oscilação entre o aparecimento e o desaparecimento.

Abertura | “Fachada”, mostra individual de Laercio Redondo

(Rio de Janeiro, RJ) O Palácio Gustavo Capanema é o ponto de partida de “Fachada”, onde Redondo apresenta quatro obras de diferentes suportes. Uma delas consiste em reproduções de imagens do Palácio Capanema na época de sua construção. O espectador pode pensar o que o palácio foi, o que ele poderia ter sido e o que ele ainda pode ser.

Últimos dias | “A Inusitada Coleção de Sylvio Perlstein” no MAM-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) Esses são os últimos dias para conferir o acervo de 150 obras modernas do século XX, do colecionador belga-brasileiro Sylvio Perlstein. Diz Luis Camillo Osorio, curador da exposição: “Trazer essa coleção ao MAM é compartilhar um pouco do meio século de convivência íntima de Sylvio Perlstein com obras de arte seminais – e pouco colecionáveis. Aí está. Mais que uma coleção, o que vemos é o resíduo de uma experiência cotidiana.”

“Momento Contemporâneo”, com Gisela Motta e Leandro Lima

(Ribeirão Preto, SP) Sobre curadoria de Paulo Venâncio Filho, o par de artistas Gisela Motta e Leandro Lima exibem a série de instalações “Espera” para a mostra “Momento Contemporâneo. Originalmente feita em 2013, a série associa vivências e experiências desenvolvidas como registros poéticos, aproximando o presente a memórias passadas.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA