Daily Archives: 31 de janeiro de 2014

Mesa-redonda e lançamento do catálogo | “Tronco”

(Rio de Janeiro, RJ) Neste final de semana acontece uma mesa-redonda com mediação do curador Bernardo Mosqueira e o lançamento do catálogo da mostra de Afonso Tostes. Participações de Paulo Herkenhoff – crítico e diretor do MAR – e Álvaro Nascimento – doutor em História pela Unicamp, professor da Universidade Federal Rural e pesquisador da luta dos povos negros da região portuária do Rio.

“Evento” | Mariana Manhães

(Rio de Janeiro, RJ) A exposição reúne desenhos e esculturas feitas em plástico e PVC. Mariana Manhães, que foi indicada ao PIPA em 2010, desenvolve vídeo-instalações, vídeo-objetos, fotografias e desenhos que fazem uso da manipulação da imagem e que têm a imaginação como estrutura de linguagem. Na mostra podem ser vistas grandes instalações que se aproveitam da luz, do som e do vento.

Artistas PIPA representam a arte contemporânea brasileira nos EUA

(Columbus, EUA) Os artistas escolhidos para a mostra apresentam influências tão variadas quanto a composição social, racial e geográfica do Brasil. Trabalhos inéditos e um site-specific estão entre os trabalhos que podem ser vistos na mostra. São obras de 35 artistas nacionais incluindo Cristiano Lenhardt, Erika Verzutti, Gisele Camargo, Jonathas de Andrade e Tatiana Blass.

“Sobrenatural” | Com Erika Verzutti e João Loureiro

(São Paulo, SP) A mostra é composta por cerca de 20 obras de sete artistas. Segundo José Augusto Ribeiro, curador da exposição, todos os trabalhos apresentados são unidos pela ambiguidade de suas conformações: são todas peças tridimensionais, figurativas e com os seus processos de realização bastante evidentes, mas cujas formas têm consistência ou contornos imprecisos, disformes e aparentemente provisórios.

“Prêmio MASP de Artes Visuais 2013” segue em cartaz

(São Paulo, SP) A exposição é composta por mostras individuais de Regina Silveira, Odires Mlászho e Rodrigo Braga. Os artistas foram vencedores da última edição do prêmio, nas categorias Conjunto da Obra, Exposição do Ano e Artista Emergente, respectivamente. Em conjunto, as três mostras apresentam um rico panorama da arte contemporânea no Brasil.

“Play” | Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea

(Rio de Janeiro, RJ) A exposição parte da obra de Arthur Bispo do Rosário para relacioná-la com obras de artistas contemporâneos, de usuários de saúde mental do Instituto Municipal de Assistência à Saúde Juliano Moreira, do ilustrador de livro infantil Roger Mello e de cineastas de animação, pensando tanto na atualidade e ressonâncias da obra de Bispo do Rosário – não estritamente circunscrita nem ao universo psiquiátrico muito menos ao mundo das artes visuais, quanto na necessidade de se pensar a arte por esse viés da brincadeira, da infância e do jogo, sem infantilizá-la ou simplificá-la. A mostra é composta por trabalhos dos artistas Daniel Murgel, Daniela Mattos, Felipe Barbosa, Laercio Redondo, Luiz Hermano, Maria Nepomuceno, Pedro Motta, Rosana Ricalde entre outros.

“Fronteiras Incertas: Arte e Fotografia no Acervo do MAC USP”

(São Paulo, SP) “Um dos principais desafios do MAC USP é refletir de forma crítica sobre o legado que nos deixaram as várias vertentes da arte das últimas décadas e suas supostas superações. De que maneira? Colocando determinadas obras produzidas há algum tempo em franco confronto com a produção mais atual. Neste sentido, Fronteiras Incertas: Arte e Fotografia no Acervo do MAC USP , com curadoria de Helouise Costa, responde a esse propósito, fazendo aderir à produção mais recente uma espessura histórica, uma espécie de ‘antes’ pouco conhecido pelo meio artístico em geral apenas preocupado com o ‘agora’.”, Tadeu Chiarelli, diretor do MAC-USP.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA