0

Nove artistas repensam o gênero da paisagem em “À vista – paisagem em contorno”

(Brasília, DF) Se no Renascimento o gênero pictórico da paisagem buscava representar a conexão entre o terreno e o divino, hoje, ele ganha interpretações completamente distintas. É buscando repensar o gênero que a Galeria Funarte Fayga Ostrower abriu “À vista – Paisagem em contorno”. Apresentando obras de nove artistas mulheres, quatro delas já indicadas ao Prêmio PIPA, a exposição propõe investigar as relações entre espectador e paisagem.

0

Beto Shwafaty apresenta obra aberta e colaborativa em Brasília

(Brasília, DF) Uma obra aberta, colaborativa, em processo. Essa é a ideia de “Parque Funcional”, do duas vezes indicado ao Prêmio PIPA Beto Shwafaty, que ocupa a partir dessa semana o Complexo Cultural da Funarte em Brasília. Selecionado pelo Prêmio Funarte de Arte Contemporânea, o trabalho terá peças produzidas por uma equipe de voluntários que, selecionados em uma chamada pública, trabalhará em conjunto com o artista e outros técnicos envolvidos no projeto.

0

Nino Cais dá novos sentidos a objetos cotidianos em “Ópera do Vento”

(São Paulo, SP) Nino Cais é um artista multidisciplinar: trabalha com vídeo, fotografia, colagem, desenho, escultura e instalação. Quase todas essas facetas do artista, indicado ao Prêmio PIPA em 2013, podem ser conferidas na individual “Ópera do Vento”, em cartaz na Casa Triângulo desde o começo do mês. Abordando, entre outros temas, o caráter imaterial das obras de arte, a mostra conta com cerca de 30 desenhos, 35 intervenções feitas em páginas de livros, cinco objetos, um vídeo e uma instalação.

0

Amilcar de Castro ganha exposição comemorativa no Rio de Janeiro

(Rio de Janeiro, RJ) Para celebrar os 30 anos de representação no Rio de Janeiro da obra do escultor mineiro Amilcar de Castro, a galeria Silvia Cintra + Box 4 preparou a exposição “Amilcar de Castro”, com alguns trabalhos inéditos e curiosidades do processo criativo deste grande artista brasileiro. A mostra acontece junto a outra homenagem ao artista: durante a Frieze NY, a galeria irá apresentar um grande estande apenas com obras do escultor feitas entre as décadas de 70 e 80.

0

“Dentro” inaugura o programa “Sala de Encontro”, do MAR

(Rio de Janeiro, RJ) Indicada pela segunda vez ao Prêmio PIPA este ano, Carla Guagliardi foi uma dos artistas convidados a participar de “Dentro”, primeira exposição do programa “Sala de Encontro” do Museu de Arte do Rio (MAR). Além dela, Cildo Meireles, Sérgio Sister, Waltercio Caldas e outros 14 artistas do acervo do MAR expõem obras na mostra, que, curada por Evandro Salles, propõe ao público uma nova maneira de viver a arte.

0

Cidade e arte contemporânea se encontram em ciclo de palestras na PUC-Rio

(Rio de Janeiro, RJ) O Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da PUC-Rio apresenta, nas próximas semanas, o ciclo de conversas “Mídia-Cidade: Arte Contemporânea”, sobre o lugar da cidade na produção artística hoje. Organizado por Michel Masson, o evento apresenta em sua segunda edição discussões com os artistas Marcos Chaves, Raul Mourão, e Renata Lucas, esta ganhadora da primeira edição do Prêmio PIPA.

0

Éder Oliveira exibe “Alistamento” no Maranhão

(São Luís, MA) Os jovens paraenses que se alistam nas Forças Armadas serviram de inspiração para “Alistamento”, exposição que Éder Oliveira, indicado pela segunda vez ao Prêmio PIPA este ano, apresenta desde o fim de março na Galeria de Arte do SESC Maranhão. Os trabalhos mesclam fotografia, retrato, pintura e intervenção ao investigar a identidade desses indivíduos, que vêem no exército uma opção para mudar de vida.

0

Rogério Ghomes lança livro reunindo sua produção artística e ensaios críticos

(Londrina, PR) Lançado durante a SP-Arte, na semana passada, o indicado ao Prêmio PIPA 2012 Rogério Ghomes acaba de publicar o livro “Preciso acreditar que ao fechar os olhos o mundo continua aqui” pela Editora da Universidade Estadual de Lonfrina (EDUEL). A obra apresenta um recorte da produção do artista paranaense a partir da VI Bienal de Havana, em 1997, até suas produções mais recentes, como a série “Barroc”, apresentada na Bienal Internacional de Curitiba em 2015.

0

Instalação de Vânia Mignone ocupa o Bosque do SESC, em São Paulo

(São Paulo, SP) Indicada ao Prêmio PIPA 2015, Vânia Mignone está em cartaz no SESC Presidente Prudente com a instalação “Eu poderia ficar quieta mas não vou”. Lá, pela primeira vez, suas obras estão ao ar livre, um conjunto de cinco outdoors que propõem reflexões acerca da arte entre as árvores do bosque. “Arte para enxergar a realidade”, diz um dos trabalhos; “Arte e coragem sempre”, clama outro.

0

Última semana | “Projeto em Preto e Branco”

(Rio de Janeiro, RJ) Esta é a última semana para conferir “Projeto em Preto e Branco”, reedição da exposição de mesmo nome realizada há quinze anos atrás. Com curadoria de Silvia Cintra, da Silvia Cintra + Box 4, a mostra mantém o tema original – obras em preto, branco, ou preto e branco –, mas muda os participantes, apresentando obras de 15 artistas.

Copyright © Instituto PIPA